© 2018 Professor Jefferson Leonardo | Trendsetter Mkt

Qual idade ou Qualidade?

August 9, 2018

 

Nesse dia acordei mais cedo, ainda com um certo zumbido das gargalhadas e conversar animadas da noite anterior, quando terminei de lavar o rosto, deparei-me com minha imagem destorcida no espelho, logo percebi a ausência do meu companheiro de trinta e dois anos; minha armação de vidro grosso para suprimir minha mais forte deficiência. Olhando cuidadosamente os detalhes, ficou evidente as marcar do tempo, e nesse instante me questionei:

 

- Passei dos “cinquenta”! E agora? Me sinto um guri com muito gás para o trabalho e para a vida? Me sinto ativo e atualizado! Mas onde eu trabalho não enxerga assim! O que fazer? Posso contribuir muito mais e melhor para a empresa! O que fazer para eles perceberem e acreditarem nisso? Tenho muito mais qualidade e experiência do que os guris recém-admitidos! Mas quase sempre me perguntam... qual idade você tem?

 

Essa história é sua conhecida? Chegou a hora da virada! A ciência e os estudos afirmaram que o ser humano está e irá viver mais tempo, e com isso as fases da vida (infância – adolescência – adulta – velhice) estão se transmutando. Como consultor, recomendo aos clientes a contratação de profissionais cinquentões, com resultados surpreendentes. Os cinquentões contribuem com o amadurecimento e a consciência pessoal e profissional das novas gerações dentro da organização. Colabora na harmonização da ambiência nos setores, as pessoas ficam mais afáveis e o relacionamento entre fornecedor e cliente interno ficam mais próximos e equilibrados. Os cinquentões estão atualizados, navegando na tecnologia e acompanhando o mindset do seu em torno.

 

Um estudo da PriceWaterhouse Coopers e da Fundação Getúlio Vargas (FGV) estima que, em 2040, 57% da força de trabalho brasileira será composta por profissionais com mais de 45 anos. No Brasil, em 2012, os trabalhadores com idade a partir de 40 anos representavam 34,85% da mão de obra ativa, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). Apesar do fantasma que assombra os que estão nessa faixa etária e de as empresas estarem numa constante busca por novos talentos, cresce a percepção, que unir o conhecimento dos mais velhos com o potencial e a vontade dos mais jovens é uma excelente fórmula para o desenvolvimento da companhia.

 

Profissionais de maior idade trazem uma bagagem de conhecimentos imensurável, e não estão atrás de quantidade de empregos que possam destacar na carteira profissional. O que importa para eles é a qualidade do serviço, o respeito pela equipe de trabalho, a qualidade da entrega e a qualidade do ambiente.

 

Qual idade ou Qualidade?

 

Reflita sobre isso!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O que você fala, você faz?

July 9, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes