© 2018 Professor Jefferson Leonardo | Trendsetter Mkt

O líder está desmotivado, e agora?

April 22, 2018

 

A crise de liderança é conhecida mundialmente. O artigo da revista Você S/A revelou informações assustadoras! Segundo pesquisa feita pela consultoria Lee Hecht Harrison, 72% das empresas pesquisadas acreditam que o comprometimento da liderança é primordial para o sucesso da companhia. Mas – PASME!!! - apenas 31% das empresas estão satisfeitas com o nível de engajamento e motivação de seus gestores.

 

Ou seja: duas em cada três companhias estão insatisfeitas com os líderes! É um índice impressionante.

 

Chama a atenção um trecho da reportagem que diz o seguinte: “o problema (...) é que muitos líderes estão comprometidos em impulsionar o negócio, bem como com os aspectos técnicos de sua função, mas poucos dedicam a mesma atenção à gestão de pessoas, cuidando de temas como inspirar equipes, avaliar desempenho e reforçar os valores”.

 

Ou seja: estão esquecendo do primordial. Afinal, empresa é feita de GENTE! Um gestor pode lidar com coisas, planilhas e metas. Mas um líder tem que saber lidar com GENTE!

 

Essas mesmas empresas que estão insatisfeitas com seus líderes não enxergam a própria culpa. Afinal, é dela – a empresa – a responsabilidade por selecionar e treinar seus diretores, gerentes e supervisores.

 

Uma cegueira que tem como resultado a perda de dinheiro!!

 

O círculo negativo está formado: a empresa contrata ou promove a pessoa errada para a liderança; não oferece o treinamento adequado; esse líder não sabe lidar com pessoas; os colaboradores trabalham desmotivados; o resultado não aparece e principalmente não reconhecem quando o próprio líder está desmotivado.

 

Saber se o líder tem mesmo o perfil para comandar uma equipe é o primeiro passo para a empresa sair desse atoleiro. Depois, dar o treinamento adequado para potencializar a liderança da empresa. Atuar diretamente na causa do problema, com ferramentas que levam ao autoconhecimento e à melhora imediata do relacionamento interpessoal.

 

Com o autoconhecimento, o líder percebe onde precisa melhorar. Passa a investir no aprimoramento de aspectos fundamentais para conseguir um ambiente harmonioso de trabalho, de feedback assertivo e de alta performance.

 

Um dos pontos críticos nas empresas é a COMUNICAÇÃO! É impressionante como a cultura de feedback ou inexiste, ou é equivocada. O mundo mudou! As pessoas mudaram! Não é mais possível ser um líder à moda antiga, onde o que importava era a HIERARQUIA. Hoje, os colaboradores não esperam um chefe, e sim um líder!!

 

Outra pesquisa – essa feita pelo Instituto Gallup com 2 milhões de pessoas em todo o mundo – mostra que os próprios colaboradores acreditam desenvolver apenas 20% da sua capacidade no trabalho. Só 20%!!!!

 

E isso por um simples motivo: as empresas e os líderes não conhecem os pontos fortes desses colaboradores. Eles têm muito a oferecer, mas não conseguem porque os chefes não sabem o que sabem fazer!

 

Imagine se você, empresário, tiver um líder preparado que consiga elevar esse percentual para 60% ou 80%. Estará triplicando ou quadruplicando sua capacidade de resultado!

Ao entender o indivíduo, o líder terá mais condições de formar uma grande equipe. E, com uma grande equipe, conseguirá resultados EXTRAORDINÁRIOS!

 

 

Vamos melhorar a qualidade de nossos líderes? Sim, é possível! Eu acredito! Você, sua empresa, seus colaboradores e seus clientes merecem!!!

 

Reflita sobre isso!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O que você fala, você faz?

July 9, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes